RPA vs. BPA: Qual é a melhor ferramenta de automação para você?

Benjamin Babb
rpa vs bpa

RPA vs. BPA

Automação robótica de processos (robotic process automation ou RPA) e automação de processos de negócios (business process automation ou BPA) são duas ferramentas tecnológicas diferentes que ajudam empresas a melhorar a velocidade, precisão e eficiência dos seus processos.

Tanto ferramentas de RPA quanto de BPA ajudam times a serem mais eficientes ao reduzirem o tempo gasto com tarefas repetitivas. No entanto, elas se diferenciam em suas especificidades e capacidades. Plataformas de RPA focam em automações individuais; atividades pequenas como, por exemplo, leitura de documentos ou coletar informações de um sistema. Já as ferramentas de BPA são desenvolvidas para automatizar diversas tarefas de um processo, do início ao fim.

As duas tecnologias podem ajudar no modelo de negócios ao automatizar e estruturar processos de trabalho. Mas enquanto o RPA resolve problemas de níveis operacionais, o BPA resolve problemas de negócios.

Pipefy: “CXOs avaliando ferramentas low-code para resolução de pendências de TI” (em inglês)
HBR: “Quantas das suas tarefas diárias poderiam ser automatizadas?” (em inglês)
Descubra como Pipefy ajuda na automação de processos e acelera a transformação digital das empresasSaiba mais

O que é automação robótica de processos (RPA)?

RPA refere-se a um código que permite que tarefas específicas sejam realizadas sem a intervenção humana. Esses blocos de códigos, que são conhecidos como “scripts” ou “bots”, realizam tarefas que uma pessoa faria. Por exemplo, os bots podem entrar em aplicativos, ler mensagens em voz alta, copiar e colar dados ou validar itens em um sistema.

Para usar ao máximo uma ferramenta de RPA, um especialista na tecnologia precisa documentar as tarefas que serão automatizadas. Depois disso, os passos para a realização das tarefas são convertidos em linhas de código que incluem regras e informações necessárias para que o bot complete a ação.

Quando usar RPA

Quando RPA é uma boa escolha:

  • As tarefas são simples, objetivas e baseadas em regras; 
  • As tarefas envolvem dados estruturados e consistentes.

Quando RPA não é uma boa escolha:

  • As tarefas têm uma grande variação de dados e processos;
  • As tarefas mudam com frequência por causa de códigos adicionais;
  • Melhorar processos do início ao fim;
  • Estruturação de processos.

O que é automação de processos de negócios (BPA)?

Ferramentas de BPA têm uma abordagem mais geral da automação. Elas são desenvolvidas para melhorar a velocidade e precisão dos processos do início ao fim, e têm a capacidade de ir além da automatização de tarefas. Incluem a modelagem de processos e recursos para orquestrar processos de ponta a ponta, assim como recursos que ajudam na colaboração entre equipes e análise de dados. Levando isso em consideração, um software de BPA não é apenas uma plataforma; também é uma estratégia para construir vários processos de trabalho de forma harmoniosa e analítica.

Veja como Pipefy ajuda na automação de processos e acelera a transformação digital das empresasSaiba mais

Recursos & Benefícios

RecursoBenefício
Visualização de processosUsuários planejam, constroem e visualizam processos dentro da plataforma. Graças ao sistema low-code, mudanças são feitas de forma rápida, com pouca ou nenhuma intervenção de uma equipe de TI.
Estruturação de processosUnificação de pessoas, informações, aplicativos e sistemas para criar processos sincronizados e fáceis que vão além dos limites de times e setores. Melhora na colaboração e fim de comunicações isoladas.
IntegraçõesEliminação de dados dispersos, prevenção da duplicação de dados e garantia de uma excelente experiência do usuário para clientes e colaboradores.
ColaboraçãoGerentes de projetos podem liberar acesso para qualquer pessoa da empresa para garantir que os objetivos do processo sejam alcançados. Usuários com permissão podem compartilhar acesso e/ou visualizar o progresso em canais de comunicação.
Regras & condicionaisPrevenção de perda ou recebimento incompleto de informações. Envio automático de tarefas para a próxima fase do processo.
Relatórios & análisesOs usuários podem criar painéis e relatórios personalizados para monitorar o desempenho dos processos, mensurar KPIs e métricas que direcionam a estratégia de negócio.

Quando usar BPA

Quando BPA é uma boa escolha:

  • Para centralizar objetivos complexos como melhorar a experiência de usuários, reduzir a taxa de erros ou estruturar processos;
  • Melhorar processos que resultam em diferentes outputs, como o gerenciamento e a requisição de serviços;
  • Automatizar tarefas ou processos de trabalho que mudam com frequência;
  • Automatizar processos complexos como procurement ou contratação de novos colaboradores.

Quando BPA não é uma boa escolha:

  • Para automatizar tarefas únicas, individuais.

RPA vs. BPA: O veredito

Plataformas de RPA são uma solução pontual para quem quer automatizar tarefas específicas, principalmente aquelas que simulam atividades humanas como, por exemplo, atualização de planilhas. O RPA funciona bem para tarefas que não mudam com frequência e nas quais a execução não varia muito no dia a dia.

As plataformas de BPA são uma solução estratégica que as empresas usam para automatizar tarefas, modelar processos e estruturar fluxos de trabalho. É possível conectar esses softwares a outras plataformas e ter à disposição recursos adicionais para colaboração e análise de dados. O BPA é uma boa opção para empresas com processos que precisam ser atualizados ou modificados com frequência. É ideal para negócios com objetivos que incluem automação, mas não se limita apenas a isso.

Muitas empresas utilizam tanto plataformas de RPA quanto de BPA para automatizar e melhorar processos. É comum que as duas tecnologias trabalhem juntas como parte de iniciativas de transformação digital.

Transforme seus processos com a plataforma low-code de BPA do PipefySaiba mais
Escrito por
Benjamin Babb
Senior Writer at Pipefy, where I focus on helping businesses manage workflows, optimize processes, and deploy automation. I'm also a ghost story aficionado who listens to more Enya than anyone should.

Receba nossas postagens no seu e-mail