Trabalho Remoto: Guia Básico para Trabalhar de Qualquer Lugar

Enquanto a quarentena persistir, ser nômade digital não é uma escolha. Fique em casa.

Você consegue imaginar o quão incrível seria acordar, tomar café da manhã sem se preocupar com o congestionamento e então ir para o trabalho, mas em seu escritório, em casa?

E que tal poder viajar para qualquer lugar e trabalhar de frente para a floresta tropical ou para uma praia linda? (Não aconselhamos que você realmente trabalhe na praia, pois a areia não é boa para seus aparelhos eletrônicos).

Bom, essa não é mais uma realidade tão distante. O trabalho remoto é uma das maiores tendências em crescimento nas áreas de tecnologia e marketing, principalmente. Esse modo de trabalho é capaz de manter os colaboradores trabalhando de qualquer lugar do país ou do mundo.

Trabalho remoto em casa

Trabalho Remoto: como funciona?

Eu sei que você vai dizer que isso é um grande clichê, mas pessoas felizes trabalham melhor e produzem mais. Isso porque suas condições de trabalho influenciam muito mais do que apenas sua produtividade básica. Um bom ambiente de trabalho torna as pessoas mais inspiradas, engajadas e propensas a inovar.

Uma das melhores alternativas que as empresas em todo o mundo estão experimentando para melhorar a experiência de trabalho é oferecendo jornadas de trabalho flexíveis. Nesse sentido, pode ser por meio de redução da jornada de trabalho ou por trabalho remoto.

Nesse sentido, o trabalho remoto pode trazer inúmeras vantagens, tanto para a empresa quanto para os funcionários. Porém você deve ter em mente que essa não é necessariamente a melhor opção para todas as empresas e/ou cargos de trabalho.

O trabalho remoto é uma boa alternativa pra você?

Como já apontamos acima, o trabalho remoto pode não ser o melhor para todos. Por quê? Médicos, enfermeiros, coletores de lixo, motoristas de ônibus, por exemplo, não podem atuar remotamente.

Além desses cargos, existem outras questões que podem interferir no trabalho remoto. Algumas características também são importantes para alcançar o sucesso nesse tipo de jornada.

1. Disciplina

Pode ser bastante difícil focar e gerenciar seu tempo quando você tem que lidar com seus problemas domésticos e outras tarefas como ir ao supermercado, tomar banho ou alimentar os seus filhos etc.

Se você tende a procrastinar para resolver seus outros problemas, o trabalho remoto pode ser especialmente desafiador para você.

Para contornar isso, busque manter a mesma rotina do escritório:

  • acorde cedo;
  • tome café;
  • escove os dentes;
  • se arrume para ir trabalhar (nada de pijama);
  • etc.

Isso ajuda o seu cérebro a entender essa nova forma de trabalho como apenas mais um modo de trabalhar.

2. Personalidade

Enquanto algumas pessoas acham fácil trabalhar em casa (ou mesmo viajar por todo o mundo como nômades digitais), outras acham difícil por muitas razões:

  • alguns dizem que não conseguem se concentrar diante de tantas distrações;
  • outros precisam ser supervisionados de perto;
  • outros apenas precisam estar em um ambiente que se assemelhe a um escritório.

Se você acha que não se encaixa em um trabalho remoto por conta disso, não se sinta mal (nem sozinho), isso significa apenas que sua personalidade não é adequada para essa forma de trabalho.

3. Motivação

Acordar cedo, tomar banho e se vestir para chegar a tempo ao trabalho pode ser difícil às vezes. Pessoas auto-motivadas tentem a lidar muito melhor com o trabalho remoto do que aquelas que dependem de motivação externa.

Para não cair nessa armadilha, desenvolva estratégias que o ajudem a se sentir motivado. Que tal ouvir aquela música que você gosta sem o fone de ouvido?

4. Local de trabalho

Pipefy

Definir um local de trabalho (longe de qualquer distração, como sua TV ou o Instagram) é essencial para trabalhadores remotos. Às vezes, as pessoas abusam da liberdade que o trabalho remoto dá e acabam trabalhando na cama, deixando a TV ligada enquanto trabalham ou até mesmo sendo constantemente interrompidas por seus familiares ou amigos.

Enquanto estiver trabalhando remoto, você precisa ter em mente (e deixar outras pessoas saberem) que mesmo que você esteja fisicamente em casa, você está trabalhando e precisa se concentrar.

Eu trabalhei remotamente por um longo período de tempo enquanto o resto da equipe do Pipefy estava passando pelo Programa de Aceleração de 500 Startups em São Francisco e posso dizer com segurança que deixar as pessoas saberem que você vai trabalhar das 9 às 5 (e que não quer ser interrompido) pode fazer toda a diferença.

Claro, em alguns dias eu trabalhei na cama, de pijama, mas essa não é uma boa ideia. Se você realmente quer ter sucesso no trabalho remoto, mantenha uma rotina de trabalho.

5. Planejamento de tempo e recursos

Trabalhar remotamente (especialmente se você é um nômade digital) significa que você sempre (e eu enfatizo, SEMPRE) deve planejar com antecedência o seu dia para ter todos os recursos que você precisará para fazer o seu trabalho.

Divida suas tarefas entre aquelas que requerem acesso à internet e aquelas que podem ser feitas offline. E encontre lugares bacanas para trabalhar: um café, um cibercafé, um coworking ou a sua casa.

Equipamento

Pipefy

Você realmente não precisa de muito para trabalhar remotamente, um bom laptop, algumas notas post-it ou uma plataforma de gerenciamento de fluxos de trabalho, boa internet e alguma fonte de eletricidade, e você está pronto para ir.

Conexão com a Internet

Algumas ferramentas, como o Slack ou o Skype, facilitam muito a comunicação com sua equipe a partir do seu home office (ou em qualquer outro lugar do mundo).

Horário de Trabalho

Se você está trabalhando em casa, você precisa ter horários de trabalho definidos (adaptando-se ao fuso horário em que você e sua equipe estão, é claro).

Além disso, certifique-se de deixar seu chefe (ou seus clientes) cientes das horas nas quais você está trabalhando. Se comprometa a responder a todas as solicitações dentro do prazo de 24 horas.

Gerencie o trabalho remoto com o Pipefy!

O Pipefy permite que você gerencie tudo o que deseja, desde a criação de processos separados para cada cliente. Assim fica fácil saber o que vem a seguir na lista de tarefas ou o que precisa ser dito ao chefe.

Em vez de lidar constantemente com toneladas de aplicativos, e-mails e post-its colados em todo o seu notebook, que tal organizar tudo isso em uma plataforma que facilita a colaboração? Desse modo você acompanha facilmente todos os passos do projeto e troca ideias e notas no local no qual elas precisam estar.

No Pipefy você é capaz de criar quantos Pipes (processos) desejar e acompanhar tudo o que você precisa enquanto estiver em casa.

Para saber mais sobre trabalho remoto e como usar o Pipefy para isso, clique aqui.

Written by
Isabelle Wuilleumier Salemme
Head of Customer Support @Pipefy. She uses her extensive Pipefy knowledge to help users make the best of Pipefy via support and writing informative content pieces. Besides being in charge of support, she's an avid reader, a coffee lover, and a professional photographer.