Liderança, motivação e o alcance de resultados por meio da metodologia OKR*

Liderança e motivação para alcançar resultados

Motivar uma equipe para conquistar resultados consistentes e buscar excelência para o alcance de metas, seja de faturamento, retenção de funcionários ou satisfação do cliente não é nada fácil. Ainda mais difícil no momento que estamos enfrentando. Aqui no Pipefy nós também passamos por esse desafio mês após mês. Mas buscamos contorná-lo utilizando a metodologia OKR para guiar o crescimento da nossa empresa.

A OKR nos ajuda a desenvolver o papel do líder como mentor e motivador para o crescimento e desenvolvimento dos nossos HoneyBadgers. (É como nos chamamos os nossos colaboradores aqui no Pipefy). 

John Doeer, autor do livro Measure What Matters [Mensure o que importa, em tradução livre], levou o conceito de OKR para empresas como o Google e a Intel e é considerado o guru nesse assunto. Ele acredita que, para as empresas terem sucesso, é necessário ter as pessoas, as razões e as metas corretas. Mas nada disso importa se não tiver uma execução excepcional. 

Pipefy

Por isso, aqui no Pipefy, nós entendemos que os OKRs são essenciais para nos ajudar a criar uma operação que traga resultado. Desse modo conseguimos acelerar o crescimento que precisamos ter. Afinal:

Muitas empresas deixam de bater metas, porque não estão olhando para o que realmente importa.

John Doeer

Mas, então, o que é um OKR?

OKR (do inglês, Objectives and Key Results) é a soma de objetivos e resultados-chave. Objetivos correspondem à direção que a empresa quer tomar. Segundo a metodologia, devem ser significantes, inspiracionais, concretos e orientados pela ação. Já os resultados-chave expressam o que foi (e não foi) feito e devem ter um limite bem definido, principalmente de tempo; são agressivos, mas realistas; mensuráveis e verificáveis. 

Os OKRs são essenciais para deixar transparente para toda a empresa onde ela quer chegar.

Sendo assim, o objetivo corresponde ao “o quê”; já os resultados-chave correspondem ao “como”; mas o mais importante é o “por quê”, uma vez que ele transmite o propósito por trás dos objetivos configurados. (Ele vai encantar, inspirar e levar as pessoas alinhadas nessa jornada.) 

E como posso fazer a implementação da OKR?

Na implementação do OKR é muito importante que o time tenha um norte muito bem definido e saiba o porquê de estar executando determinada tarefa. Só ao entender o motivo para a execução de tais ações é que as pessoas conseguem construir um mindset de crescimento.

Além disso, é essencial envolver a equipe e não apenas o líder, pois esse atua muito mais como um mediador da discussão, uma vez que é essencial escutar quem está no dia a dia da operação para entender as suas dificuldades, ideias e objetivos. Aqui é importante ter evidências do que será discutido e proposto em curto, médio e longo prazo para que a estratégia não seja baseada em “achismos”.

Tendo os OKRs definidos um dos questionamentos que vêm a seguir é “como fazer para que a equipe alcance o que foi definido e qual é o papel do líder nesse processo?”. Para responder essa pergunta, trazemos algumas rotinas que os nossos líderes tem, principalmente voltado para times de vendas que tem uma execução mais metódica com metas diárias. 

  • Reunião diária de meia hora para conversar sobre as ações que estão sendo feitas e o seu andamento;
  • Reunião semanal para analisar quais são os gargalos do funil da área e entender o que está favorecendo e o que está prejudicando a equipe para chegar nos resultados esperados;
  • Reunião mensal para rever todos os resultados, pontos positivos, dificuldades e setar as expectativas para o próximo mês;
  • Acompanhamento visível das métricas – é legal ter um quadro em branco para que as pessoas possam escrever como está o andamento das ações e o que falta para bater as metas.
Pipefy

Imagino que agora você esteja se perguntando, como faço para manter a minha equipe motivada. Bem, para motivar o time é possível fazer várias ações, como:

  • Comemore as conquistas (desde pequenas coisas até grandes conquistas): pode ser com um happy hour virtual, ou um agradecimento na reunião com a empresa toda. O importante é não deixar esse momento passar;
  • Parabenize cada um do time pelas conquistas e reconheça-os  na frente dos outros. 
  • Entenda os fatores de motivação de cada pessoa do time para guiá-los na direção de seus sonhos e objetivos;
  • Lidere sendo exemplo e inspiração. Agir da forma que se espera pela empresa e, sempre que necessário, colocar a “mão na massa” para ajudar o time.

Não adianta nada ter apenas um painel de metas muito bem definido se o time não acredita nelas nem os líderes trabalham em direção ao alcance desses objetivos. É essencial que as empresas definam muito bem onde querem chegar, como vão acompanhar esses resultados e trabalhem junto com as equipes para chegar lá. E tenho certeza que nós, do Pipefy, podemos te ajudar!

* escrito por Marina Agranionih, HoneyBadger do escritório de Curitiba, do time de Pessoas. Ela é responsável pela equipe de Cultura do Pipefy.