O que é o método Kanban?

Kanban é uma metodologia de planejamento que é baseada na evolução e fluidez de seus quadros dentro do processo. É um processo que ocorre visualmente da esquerda para a direita e pode ser chamado como processo de fluxo de valor, pois a cada fase que o quadro passa é agregado mais valor a ele e assim ele pode evoluir até ser concluído.

Kanban é uma metodologia de planejamento que é baseada na evolução e fluidez de seus quadros dentro do processo. É um processo que ocorre visualmente da esquerda para a direita e pode ser chamado como processo de fluxo de valor, pois a cada fase que o quadro passa é agregado mais valor a ele e assim ele pode evoluir até ser concluído.

Por ser um sistema de fluxo intuitivo, o Kanban pode ser usado para o gerenciamento de tarefas na criação de um novo software, produto, aplicativo ou até mesmo para uso pessoal em sua rotina diária. A ideia é que os quadros de tarefas sejam colocados da esquerda para a direita em um processo visual horizontal. Para se entender melhor e organizar de maneira mais clara, o sistema do Kanban pode funcionar de dois tipos: sistema empurrado e sistema puxado.

Sistema Puxado e Sistema Empurrado

Sistema Puxado: um sistema puxado acontece quando existe um espaço livre para a tarefa ser executada pelos participantes, logo, é “puxada” para ser feita. Isso só é possível quando se determinam limites para as unidades de trabalho em progresso, assim o sistema não sofrerá com sobrecarga se os limites forem determinados a forma certa. Usando esse modelo, o ideal é encontrar um equilíbrio entre a capacidade do time e a demanda que é esperada dele. Esse tipo de sistema possibilita que a equipe produza somente o necessário, evitando que haja gastos de tempo e dinheiro desnecessários.

Sistema Empurrado: o sistema empurrado é um modelo que não respeita a capacidade do processo e se baseia na demanda, ou seja, tenta-se produzir o máximo possível e em grandes quantidades, sem considerar a real necessidade dos clientes. Ao utilizar esse sistema, a estratégia de vendas e marketing é focada em “empurrar” e, automaticamente, vender o produto para o cliente. Em um processo como esse, existem pontos negativos para a equipe como: sobrecarga, demora nas entregas, grandes quantidades de tarefas e exaustão dos participantes.

O método Kanban propõe uma metodologia de evolução e de incrementação aos processos da empresa, logo, se uma coisa não dá certo no começo, não precisa de desesperar. A ideia é com que as coisas evoluam e sejam melhoradas ao longo do processo.

O Kanban é um método muito utilizado em linhas de produção, assim é dividido em dois tipos de uso para essas linhas, Kanban de produção e Kanban de movimentação. O Kanban de movimentação é aquele processo que notifica os setores envolvidos na linha de produção para que saibam quando uma determinada ação é realizada ou quando precisa esperar por próximas ações para ser concluído.

Já o Kanban de produção é um tipo onde se usam murais ou softwares semelhantes em um espaço que possa ser visto por todos os funcionários envolvidos no processo. Esses murais normalmente são divididos em 3 seções: To-Do (a fazer), Doing (fazendo) e Done (concluído). Porém, se seu processo necessitar de mais seções para ser melhor desenvolvido, esse tipo de Kanban pode ser facilmente adaptado. A ideia é que em cada seção sejam colocados adesivos para representar as ações e a elas sejam dadas uma breve descrição da atividade a ser realizada, o horário de entrada e, preferencialmente, um horário limite ou referência para a saída e o nome do colaborador responsável por desempenhar aquela função.

Vale ressaltar que o Kanban não é específico para o setor industrial. Empresas de escritório e de prestação de serviços também utilizam a técnica do Kanban para manter tudo muito acessível e visível para seus funcionários, evitando que fiquem ociosos e garantindo que cumpram de forma produtiva e eficaz as atividades que devem ser realizadas. É possível, e comum em empresas como essas, que se use o Kanban em forma de software, como o Pipefy.

A plataforma do Pipefy permite que o usuário consiga ter uma ampla visão de todo o seu processo e consiga gerenciá-lo da melhor forma possível, atendendo às necessidades da empresa. Por ser amplamente customizável, o Pipefy permite que o usuário tenha autoridade para criar, editar e gerenciar todas as tarefas e cards disponíveis em seu processo.

O Pipefy disponibiliza algumas funcionalidades que se complementam ao Kanban e o tornam uma opção mais organizada para os usuários. Com a utilização de ferramentas como controle de SLA, reportes, automações em cards, banco de dados e visão de calendário o usuário pode ter total autonomia em decidir e adequar o Pipefy ao seu negócio. Fazendo o gerenciamento de seus processos profissionais algo mais acessível e de fácil entendimento e visualização para todos os funcionários envolvidos, as tarefas não são sobrepostas e podem ser realizadas de forma eficaz.

O Kanban é uma estratégia focada em tornar linhas de produção e processos empresariais mais eficientes de acordo com sua demanda e giro e que consistem um procedimento extremamente flexível, mas que exigem certa organização e cronograma. Com uma frequente atualização, o Kanban ganha novas possibilidades de uso com aplicativos e programas especializados que otimizam o processo organizacional das linhas de produção com melhorias no processo comunicativo entre envolvidos no processo e da realização das tarefas.

Para ter uma boa experiência e entender melhor o processo de utilização e implementação do método Kanban em sua empresa entre em contato conosco. Oferecemos um teste grátis da nossa plataforma para você poder se familiarizar e entender o que pode ser melhor para o seu negócio crescer e evoluir.

is Pipefy's Editor and Copywriter. With a background in journalism and content marketing, she uses her wit, writing skills and incurable cheerfulness to leave her readers inspired, hooked and informed. Sava resides in Austin, Texas.

Receba nossas postagens no seu e-mail