Conheça o Agile Marketing como ferramenta de gestão de projetos

Team Pipefy

Você já ouviu falar em Agile Marketing? Criado no início dos anos 2000, ele busca o melhor nível possível de aproveitamento nas estratégias corporativas. Para isso, todo o trabalho é focado em etapas específicas, que devem contribuir para os resultados gerais do projeto, com análises, mudanças e melhorias em tempo real.

Não por acaso, uma pesquisa feita pela Everis aponta que o orçamento voltado ao Agile Marketing cresceu 37% entre as empresas da América Latina.

Mas afinal, como essa metodologia é definida? Quais os melhores meios de implementá-la? Saiba tudo sobre o assunto neste artigo. 

O que é o Agile Marketing? 

A metodologia ágil na gestão de projetos inicialmente era voltada à área da tecnologia. Ela surgiu por meio do Manifesto Ágil, criado em 2001 nos Estados Unidos.

Com foco em otimizar os processos de desenvolvimento de sistemas, o conceito passou a substituir algumas prioridades em detrimento de outras, como:

  • Valorização das pessoas e suas interações acima das ferramentas e dos processos;
  • Resultados funcionais mais importantes que documentações abrangentes;
  • Relação colaborativa com clientes com maior relevância que negociações contratuais;
  • Resposta rápida e eficiente às mudanças em detrimento de seguir um plano rígido. 

A partir do sucesso dessa nova visão, o conceito foi expandido ao Agile Marketing em junho de 2012. 

Isso ocorreu em São Francisco, quando 20 profissionais criaram o Manifesto de Marketing Ágil. Ele foi feito para proporcionar uma gestão acelerada e com objetivos claros na área. 

Com isso, todas as estratégias de marketing passaram a ser divididas em tarefas menores. As equipes identificam cada fase do processo e voltam todos os seus esforços em sua execução.

Assim, ganha-se mais objetividade e qualidade nas etapas realizadas, que são cumpridas até que todo o projeto seja finalizado. 

Sempre que uma entrega é feita, seus resultados são medidos e seus impactos sobre o todo são avaliados. Assim, melhorias são propostas e falhas são eliminadas continuamente. 

O principal objetivo do Agile Marketing é utilizar os dados obtidos para solucionar problemas e explorar oportunidades em tempo real.

Dessa forma, a realização de testes, a interpretação de métricas e KPIs, a refação de etapas e as melhorias contínuas entre as fases dos projetos são constantes. 

Frameworks e metodologias para o marketing ágil 

O Agile Marketing é aplicado por meio de modelos de trabalho chamados de frameworks. Eles visam guiar os processos por meio de uma estruturação prática, que confere organização em meio aos prazos, às ideias e aos meios de comunicação.

Cada framework voltado ao gerenciamento de campanhas deriva de uma metodologia ágil empregada no desenvolvimento de sistemas. Confira os principais deles:

Scrum

Trata-se da metodologia ágil de gestão de projetos mais conhecida. Nela, as equipes trabalham em pequenos ciclos de 1 a 4 semanas, chamados de sprints. Em cada sprint, os profissionais devem se reunir, coletar feedbacks e aprimorar as etapas seguintes.

Cada tipo de sprint tem um objetivo:

  • Sprint planning: inclui a definição de objetivos e seus responsáveis;
  • Stand up meetings: alinhamento das atividades conforme o planejamento;
  • Review: entrega de resultados e feedbacks;
  • Retrospectiva: definição das melhorias seguintes. 

O foco do Scrum é a colaboração, por isso os encontros são tão importantes. Além disso, ele é apoiado no uso de ferramentas visuais para nortear os resultados das atividades.

Kanban

Já o Kanban é um framework de Agile Marketing focado na visualização das etapas do projeto. Ele se apoia no uso de um quadro que possibilita visualizar os fluxos de trabalho integralmente (seja em um painel de post-its ou em um programa específico para seu uso).

A fim de proporcionar uma visão dinâmica das etapas da gestão de marketing e do andamento das tarefas, o painel é dividido em etapas básicas e preenchido com suas entregas.

Em um modelo básico, ele pode incluir segmentos como “a fazer”, “em progresso” e “finalizado”, por exemplo. Já no Inbound Marketing, ele pode dividir as entregas de conteúdo em “pesquisa”, “planejamento”, “redação”, “revisão”, “publicação”, “mensuração”, e assim por diante. 

Independentemente do caso, o quadro precisa prever as tarefas e seus responsáveis. Sempre essas atividades mudam de status, elas são movidas pelo quadro. 

Lean

Por fim, Lean é um framework que serve para simplificar processos e torná-los mais enxutos. Seu foco é em estratégias mais pontuais, objetivas ou menores. Inclusive, é muito utilizado no universo de startups. 

A ideia é eliminar tudo o que é considerado complexo nas tarefas. O foco, portanto, é na redução de desperdícios e na manutenção da qualidade, sempre voltados à máxima satisfação do consumidor.

Ele segue os princípios do Scrum. Ou seja, as equipes implementam, medem, analisam e melhoram cada etapa do todo. Isso é feito por meio de feedbacks rápidos e adaptações constantes, que retiram redundâncias e dão prioridade à entrega de valor. 

Como funciona o Agile Marketing na prática?

As metodologias citadas acima são algumas das mais populares do Agile Marketing. No entanto, é pouco provável que elas sejam implementadas exatamente como descrito. Isso porque cada organização deve adaptá-las às suas próprias demandas e rotinas de trabalho.

De acordo com o relatório The State of Agile Marketing de 2020, 54% dos especialistas que adotam esse estilo de gestão de gestão de projetos usam frameworks híbridos.

Por exemplo: a equipe organiza o Scrum para criar um sprint, e usa a metodologia Kanban para acompanhar o desenvolvimento das tarefas dentro do sprint. Ao longo do sprint, o time ainda pode se apoiar no Lean para melhorar seus processos e trabalhar com mais eficiência.

Por que adotar o Agile Marketing?

A partir de todos os pontos abordados até aqui, é fácil perceber como o Agile Marketing pode agregar valor às estratégias da sua empresa.

De maneira geral, podemos resumir os seus benefícios em três pontos principais, que são:

  • Produtividade: o foco é na entrega de resultados, onde se eliminam tarefas redundantes, reuniões desnecessárias ou projetos que não agregam valor às entregas. A ideia é sempre atingir resultados melhores e escaláveis em menos tempo.
  • Satisfação do cliente: as etapas e as estratégias futuras são sempre baseadas nos feedbacks obtidos junto aos consumidores em cada entrega. Assim, todas as melhorias são voltadas ao desempenho da estratégia no mercado, que é continuamente medido e ajustado aos padrões que mais satisfazem os clientes.
  • Inovação e transformação digital: é impossível inovar em ambientes rígidos e com processos pouco maleáveis. No Agile, a burocracia dá lugar às mudanças rápidas exigidas pela era digital, à autonomia profissional, à colaboração, ao foco nas pessoas e no uso das melhores tecnologias para otimizar resultados. 

Dicas na hora de aplicar essa metodologia 

Antes de se aprofundar em cada framework de Agile Marketing, é importante saber que sua implementação exige uma mudança na mentalidade da sua equipe. Isso inclui:

Foco no cliente

Todo o planejamento deve ser voltado à satisfação dos clientes, e cada melhoria após um sprint precisa se basear nos seus feedbacks. Portanto, mantenha os consumidores no centro das estratégias e faça com que todas as suas ações sejam orientadas por eles.

Contrate equipes multifuncionais

As atividades de cada sprint precisam ser entregues com agilidade, total qualidade e possibilidades de melhorias a partir dos feedbacks coletados. Para isso, seu time precisa reunir todas as habilidades necessárias para que essas entregas sejam feitas com excelência. 

Entenda sobre entregas dinâmicas

Ao usar uma metodologia ágil de gestão de projetos, você deve esquecer os prazos de meses até obter resultados para um projeto. Sua equipe deve se alinhar às constantes mudanças do mercado, adotar um pensamento lean e fazer entregas mais dinâmicas e enxutas, que se alinham em prol dos resultados esperados sempre em tempo real.


Agora que você já sabe o que é Agile Marketing, que tal conferir outro método capaz de tornar os seus resultados ainda mais focados nas necessidades e expectativas dos seus clientes? Conheça o conceito de Account Based Marketing.

Ferramentas de Agile Marketing

Há uma série de ferramentas que podem ajudar bastante na implementação do marketing ágil. A seguir, vamos falar de algumas delas.

Um ponto essencial para o bom andamento dos processos de Agile Marketing é a comunicação. Assim, ferramentas de troca de mensagens instantâneas, como o Slack, podem ajudar muito equipes que pretendam começar a trabalhar nesse esquema.

Também é necessário centralizar arquivos importantes para a equipe em um só local, aumentando visibilidade e facilitando acesso. Nesse sentido, o Google Drive, o OneDrive, o Dropbox ou ferramentas semelhantes são de grande valia.

Finalmente, plataformas que permitam gerenciar tarefas, fluxos de trabalho ou mesmo processos inteiros são essenciais para garantir que as metas do time sejam visíveis para todos e que seus prazos sejam respeitados.

O Pipefy é uma ferramenta ideal nesse sentido, pois não apenas permite a automação de tarefas como também consegue se integrar com outras plataformas, incluindo Slack e Google Drive. Experimente Pipefy de graça hoje mesmo.

Escrito por
Team Pipefy

Receba nossas postagens no seu e-mail