Como ser mais criativo? Conheça os diferentes tipos de criatividade

Team Pipefy

Você gostaria de saber como ser mais criativo? Não é novidade que a criatividade é uma característica que pode ser muito útil no dia a dia, seja para nossos projetos pessoais ou mesmo na carreira profissional.

Se levarmos em consideração as rápidas transformações da sociedade e as constantes inovações do mercado, a capacidade de criar e de pensar “fora da caixa” se torna ainda mais importante. 

Mas, como estimular a criatividade de maneira realmente eficiente? Descubra a seguir os melhores hábitos para exercitar seu lado criativo e conheça os diferentes tipos que ele pode se manifestar. 

Afinal de contas: como ser mais criativo?

Como toda habilidade ou soft skill, a capacidade de ter mais e melhores ideias criativas pode ser impulsionada por meio de algumas práticas, hábitos e cuidados especiais.

Evidentemente, não existe uma fórmula pronta para a criatividade, e muito varia de acordo com o perfil de cada pessoa, mas em geral ela é estimulada quando:

Invista no que você mais gosta

O pensamento criativo está diretamente atrelado à motivação. Isso significa que alimentar seus interesses, realizar as práticas de lazer que você gosta e manter um hobby é de suma importância para manter-se engajado no dia a dia. Com a mente estimulada, leve e satisfeita, as novas ideias fluem com mais facilidade, inclusive no trabalho. 

Saia da zona de conforto com novas experiências

Por mais que suas atividades de interesse sejam importantes, também é preciso sair da zona de conforto e ter novas descobertas. Manter sempre os mesmos padrões de pensamento pode gerar bloqueios criativos, e a melhor maneira de evitar isso é criar novos hábitos, explorar práticas que você ainda não experimentou e desafiar-se constantemente.

Estude (muito!) e absorva o máximo de referências 

Muitos acreditam que a criatividade é apenas uma questão intuitiva e de talento, mas a verdade é que ela não existe sem bases sólidas. Para inovar, é preciso compreender os aspectos sobre aquilo que se deseja solucionar. Ou seja, ler livros, assistir documentários, conferir artigos, conhecer novos assuntos e outras ações relacionadas devem ser constantes. 

Não tenha medo do risco e do erro 

Da criação de um desenho ou de uma música, até o gerenciamento de campanhas de marketing ou de outros processos da sua empresa, o medo de errar pode limitar suas ideias. Normalmente, grandes soluções surgem em meio a outras idealizações que não se saíram tão bem. Se você não se der liberdade para errar, jamais alcançará um progresso criativo.

Peça ajuda para outra pessoas

Você já ouviu aquela frase “duas mentes pensam melhor do que uma”?. Quando botamos uma ideia para fora, é mais fácil compreendê-la e ter uma visão externa sobre ela. Além disso, a comunicação e as considerações alheias podem ser excelentes para obter insights que você não teria sozinho, que surgem a partir de novas perspectivas. 

Busque fontes de inspiração

Consumir filmes, músicas, livros, peças artísticas e outras obras diversas pode ser decisivo para compreender como diferentes tipos de processos criativos ocorrem. Não importa se você está assistindo a um clássico, simplesmente vendo um vídeo que gosta ou até mesmo lendo um texto de e-mail marketing, tudo pode servir como boa fonte de inspiração caso você se atenha aos detalhes com toda a sua atenção.

Seja curioso 

Seguindo a linha de raciocínio de sair da zona de conforto, de absorver novas experiências e de buscar fontes de inspiração, procure não se contentar com aquilo que já está ao seu alcance. Procure por novos assuntos, busque pelas respostas para as suas dúvidas, questione-se sobre o que está à sua frente e acostume sua mente a exercitar novos processos de entendimento. 

Organize as suas ideias e coloque-as no papel

Um exemplo de criatividade comum no imaginário das pessoas é que aqueles dotados de grandes ideias geralmente são pessoas desorganizadas, e que as inspirações surgem do nada e logo se transformam em grandes inovações. 

A verdade é que sem organizar o que vem à mente, muitas coisas boas podem se perder. Por isso, tenha o costume de registrar seus pensamentos em um caderno, em um quadro, por meio de post-its ou outros meios que lhe ajudem a lembrar e revisitar seus insights. 

Seja único do seu jeito: conheça os diferentes tipos de criatividade 

Agora que você já sabe como estimular sua criatividade, vamos aos principais meios em que ela pode se manifestar:

Deliberada e cognitiva 

Agir deliberadamente é saber o que se está fazendo. Já a cognição está relacionada à capacidade de desenvolver pensamentos a partir de conhecimentos prévios. Portanto, a criatividade deliberada e cognitiva é inerente às pessoas que empregam seus saberes, realizam pesquisas e se planejam para produzir suas ideias

Deliberada e emocional 

A criatividade deliberada também pode ser emocional, mais ligada aos sentimentos da pessoa. Nesses casos, as ideias e inovações também são planejadas e intencionais, mas trabalhadas de maneira menos racional e mais reflexiva, com estímulo às emoções e às subjetividades que podem compor uma criação. 

Espontânea e cognitiva 

Algo espontâneo é aquilo que ocorre naturalmente, sem compromissos ou obrigações. Na criatividade espontânea e cognitiva, a base de conhecimentos que mencionamos no primeiro item existe e é importante para criar, mas as melhores ideias só surgem nos momentos de ócio, quando a pessoa faz uma pausa ou está longe do ambiente de trabalho. 

Espontânea e emocional 

Por fim, a criatividade espontânea e emocional quase remete à visão clássica dos artistas que de uma hora para outra têm grandes ideias ou desenvolvem pensamentos geniais. Esses indivíduos não contam com cerimônias para criar, e o melhor deles é extraído quando não estão pressionados, na companhia de outros e nem precisam planejar seus novos pensamentos.  

Se você gostou de descobrir como ser mais criativo e quer colocar a sua criatividade em prática no ambiente de trabalho, não abra mão de ferramentas que te deem autonomia para personalizar suas entregas e aperfeiçoar resultados. Somos referência em workflows customizáveis e oferecemos os meios ideais para operacionalizar toda a inovação promovida dentro do seu negócio. Clique aqui e saiba mais.

Escrito por
Team Pipefy

Receba nossas postagens no seu e-mail

Solicite uma demonstração