Soft Skills: descubra o que são, quais as principais, sua importância e muito mais

Sandra Soffner

O mercado de trabalho está cada dia mais competitivo. Por isso, todos estão em busca de se destacar e mostrar suas melhores habilidades. Para alcançar esse destaque, o caminho mais utilizado é o das essenciais hard skills, obrigatórias em qualquer processo seletivo.

Porém, ter boas qualificações não é mais suficiente para garantir uma colocação. Para ter melhores chances, o profissional também precisa ter algumas habilidades que garantam seu bom desempenho, como, por exemplo, conseguir trabalhar bem em equipe.

Essas competências que têm a ver com o comportamento são o que chamamos de soft skills, cada vez mais essenciais para os profissionais atuais.

O que são soft skills?

Soft skills são as habilidades subjetivas de um profissional, ou seja, aquelas que estão relacionadas ao comportamento e não ao conhecimento técnico. Elas são as competências baseadas na inteligência emocional, como resiliência, empatia e comunicação.

As soft skills, atualmente, são responsáveis por destacar os profissionais que estão acima da média. Elas representam boas habilidades mentais, emocionais e sociais, características que contam pontos quando o assunto é trabalhar em equipe. 

Essas competências são individuais e estão ligadas às experiências culturais, sociais e educacionais de cada pessoa. Mas é possível desenvolvê-las, por meio do autoconhecimento e de algumas técnicas específicas.

Por serem habilidades mais subjetivas, são mais difíceis de serem avaliadas em um processo seletivo. Elas exigem uma análise mais aprofundada de personalidade, diferente das hard skills, que podem ser comprovadas com um diploma ou certificado. Apesar disso, é possível usar soft skills como critério para desempate entre candidatos. 

Quais as principais soft skills que diferenciam um bom profissional?

Existem muitas soft skills, mas algumas delas são mais relevantes para o mercado de trabalho por esatarem alinhadas com as necessidades das empresas. O importante é saber identificá-las. 

Confira, a seguir, algumas das principais soft skills:

Capacidade de Comunicação

Essa é uma habilidade essencial não apenas para profissionais, mas para qualquer pessoa. Saber se comunicar de forma clara e eficaz garante um melhor posicionamento dentro de uma empresa.

Ao se posicionar, um profissional é capaz de simplificar processos, evitar conflitos e também mal entendidos. Quando consegue se expressar bem, se destaca e garante uma boa vantagem competitiva no mercado de trabalho. 

A comunicação compreende muitas questões. Além do posicionamento, tem a ver com organizar bem as ideias, conseguir transmiti-las por meio da fala e da escrita, saber ouvir com atenção e ter uma boa capacidade de compreensão.

Perfil de Liderança

Ter um perfil de liderança não é uma característica exclusivamente de quem busca cargos de gestão. Claro que para esses, é essencial. Porém, o profissional que tem esse perfil, apresenta características como boa comunicação, empatia e facilidade no trabalho em equipe.

Pessoas com essas habilidades têm um grande potencial para influenciar positivamente quem está ao seu redor, através do exemplo e do respeito que impõem, tornando-se modelos a serem seguidos.

Versatilidade

Um profissional versátil consegue enxergar oportunidades até mesmo nas adversidades. Essa é uma característica essencial para se destacar, porque garante a capacidade de se adaptar à mudanças, imprevistos, novas demandas e exigências do mercado de trabalho.

Trabalho em equipe

Por razões óbvias, saber trabalhar em equipe é praticamente obrigatório na maioria das empresas. Ainda que o profissional seja adepto do trabalho remoto, é necessário interagir com as pessoas, mesmo que à distância. Essa habilidade é essencial para garantir um bom clima organizacional.

Saber trabalhar em equipe envolve o respeito com os demais, ouvir e aceitar as opiniões de forma imparcial. Um bom trabalho em equipe é responsável pelo cumprimento com excelência das atividades propostas, sem conflitos e discussões dentro do time, que afetam muito o desempenho dos colaboradores.

Criatividade

O mundo e, por consequência, o mercado de trabalho estão em constante mudança, de forma cada vez mais acelerada. Por isso, é fundamental ter jogo de cintura para improvisar quando necessário e usar a criatividade mesmo que ela não seja fundamental para o cargo ocupado.

Um profissional criativo é capaz de elaborar soluções de forma rápida e ter uma visão mais ampla e inovadora, enxergando possibilidades e propondo novas alternativas para a equipe e empresa.

A boa notícia é que essa é uma soft skill que pode ser facilmente aprimorada, com a busca de conhecimentos e referências e o desenvolvimento da autoconfiança. 

Proatividade

Ser proativo é um grande diferencial competitivo para um profissional, uma característica muito procurada pelas empresas. A proatividade consiste em dedicar-se e resolver problemas de forma autônoma, lidando com os percalços do caminho que possam interferir no desempenho.

Empatia

Uma pessoa empática lida bem com outras pessoas, trabalha em equipe com facilidade, consegue ouvir o próximo e se colocar no lugar do outro.

Essa é uma característica que pode ser muito positiva em um ambiente corporativo, ainda mais quando ele tende a ser competitivo e hostil. Qualquer colaborador, mas principalmente líderes e pessoas em cargos de gestão, precisa ter essa soft skill para administrar os conflitos diários.

Quando uma pessoa se coloca no lugar da outra, é mais fácil compreender as suas dificuldades e ajudar a propor uma solução. A empatia entre os colegas de trabalho gera respeito pela opinião alheia, mesmo quando ela difere, promovendo assim a harmonia e inclusão nos times.

O papel das soft skills dentro das empresas

As soft skills têm um papel importante nas empresas porque garantem um bom relacionamento entre os colaboradores, além do cumprimento das metas.

Profissionais com boas soft skills são peças-chave por terem uma visão ampla, serem criativos e conseguirem identificar melhor as oportunidades. 

Habilidades como perfil de liderança e boa comunicação podem tornar um profissional um exemplo a ser seguido. Esses exemplos são importantes para engajar as equipes e motivá-las, melhorando, assim, o desempenho individual e coletivo.

Além disso, por se tratarem de competências sociais e interpessoais, as soft skills ajudam tornar o clima organizacional mais ameno e acolhedor. Como resultado, o trabalho em equipe fica muito mais fácil e a qualidade de vida no trabalho é aprimorada.

Soft Skills mais procuradas nos profissionais

Em uma matéria para a Forbes, Guilherme Junqueira, CEO da Gama Academy e um dos fundadores da Associação Brasileira de Startups, avalia que as empresas “contratam pelo currículo e demitem pelo comportamento”. 

Isso quer dizer que os profissionais são contratados graças às suas “hard skills” e são demitidos pela falta das “soft skills” necessárias para fazer parte do time. Essa afirmação nos ajuda a entender a relevância dessas habilidades para uma empresa.

Ainda na matéria, são citadas algumas das soft skills mais procuradas nos profissionais de hoje e que estão no radar de grandes empresas:

  • Comunicação eficaz;
  • Pensamento criativo;
  • Resiliência;
  • Empatia;
  • Liderança;
  • Ética no trabalho.

Como desenvolver soft skills?

Ainda que sejam competências subjetivas, é possível aprimorar essas habilidades. Para isso, o primeiro passo é querer trabalhar nesse desenvolvimento.

Comece fazendo uma auto análise para identificar seus pontos fortes e fracos. Para isso, é possível utilizar metodologias como a análise SWOT, por exemplo.

Para desenvolver as habilidades dos colaboradores da sua empresa, promova ações que os ajudem a trabalhar as habilidades que precisam melhorar. Algumas maneiras de proporcionar esse desenvolvimento são: dar feedbacks, incentivar o autoconhecimento e promover treinamentos.

Dar feedbacks

O feedback, tanto positivo quanto negativo, é uma excelente forma de estimular o desenvolvimento dos colaboradores. Também ajuda a compreender como os profissionais se sentem em relação à empresa e aos colegas de trabalho.

Dessa forma, é possível exercitar a empatia mútua, além de criar confiança e melhorar a comunicação. É importante que o profissional faça uma autoanálise, mas também possa escutar uma opinião de fora. Uma ferramenta excelente para isso é a avaliação 360.

Incentivar o autoconhecimento

É fundamental que pessoas que trabalham em equipe desenvolvam o autoconhecimento. Essa prática ajuda a melhorar a inteligência emocional e administrar as emoções.

Como  forma de incentivar, a empresa pode oferecer ajuda para apoio psicológico, por exemplo. Outra opção é dispor na empresa de um profissional qualificado para atender os colaboradores.

O principal é proporcionar maneiras para que os profissionais se conheçam melhor e aprendam a lidar com seus impulsos, para diminuir o estresse, ansiedade e sentimentos que possam atrapalhar sua performance profissional e interferir nos seus relacionamentos pessoais.

Promover treinamentos

Algumas soft skills podem ser desenvolvidas ou aprimoradas com a ajuda de profissionais especializados que, através de treinamentos, palestras e workshops, orientam e incentivam a evolução de diversas competências. 

Eventos e treinamentos para liderança, motivação e comunicação efetiva podem ser o que os colaboradores precisam para melhorar habilidades como proatividade, versatilidade e empatia.


A grande maioria das soft skills são características presentes nas personalidades das pessoas e desenvolvidas ao longo da vida. Essas habilidades podem interferir de forma direta ou indireta em sua vida profissional.

Porém, é possível desenvolvê-las, mas isso depende da vontade e dedicação de cada um. Quando um profissional está disposto a desenvolver competências, já demonstra aí algumas soft skills importantes como proatividade, superação, dedicação e engajamento.Para mais artigos sobre desenvolvimento de pessoas e outras áreas dos Recursos Humanos, confira nossos artigos criados por especialistas. Se quer saber como o Pipefy pode ajudar sua equipe a ser mais eficiente e produtiva, faça um tour pelo produto.

Escrito por
Sandra Soffner

Receba nossas postagens no seu e-mail

Solicite uma demonstração