Usando uma plataforma no-code para a gestão de CRM

O objetivo de um processo de CRM é unificar as funções de Vendas, Marketing e Atendimento ao Cliente para construir relacionamentos saudáveis e impulsionar novas vendas. Entretanto, para pequenas e médias empresas, as únicas opções para gerenciar um processo desses têm sido planilhas ou soluções personalizadas.

 

Quando planilhas são usadas como forma de implementar o CRM na empresa, eventualmente elas crescem demais, tornam-se incontroláveis e deixam de ser efetivas. Por outro lado, um sistema CRM personalizado para o negócio consome muito tempo e recursos financeiros. Recursos esses que poderiam ser aproveitados de outra forma ou que são cruciais para impulsionar o crescimento da empresa.

Neste contexto, as ferramentas no-code chegam como uma alternativa. Elas são plataformas flexíveis, personalizáveis, fáceis de usar e perfeitas para escalar com o negócio, conforme ele cresce e evolui.

 

Neste artigo, vamos mostrar como o uso de softwares no-code pode ser uma excelente opção para planilhas ou um sistema CRM personalizado. Também vamos analisar quais são os elementos essenciais de um CRM, como cada etapa é importante para o relacionamento com clientes e quais são as características mais comuns de um processo de CRM bem-sucedido.

 

Em seguida, mostraremos como é possível aplicar as melhores práticas usando uma plataforma no-code.

 

Se você já conhece o básico sobre CRM, sinta-se à vontade para pular seções, usando os links à esquerda.

O que é CRM? Uma visão geral

“CRM” é uma sigla em inglês para Customer Relationship Management, que significa Gerenciamento do Relacionamento com o Cliente. É uma abordagem que integra e coordena processos de Marketing, Vendas e Suporte ao Cliente para oferecer uma melhor experiência ao consumidor.

 

Muitas vezes, o termo “CRM” é usado para se referir a um tipo específico de software que organiza e rastreia interações com o cliente. Essas são, em geral, soluções complexas como o Salesforce. Neste artigo, vamos usar a sigla “CRM” para falar sobre o processo de gestão de relacionamento com o cliente e também sobre o software usado para gerenciá-lo.

Descrição dos componentes de um processo de CRM

Os componentes da gestão de relacionamento com o cliente

O objetivo de implementar um processo para gestão de relacionamento é integrar e coordenar todos os pontos de contato da sua empresa com o cliente. O ciclo começa com a divulgação e o marketing, seguindo o cliente pelo processo de vendas, que inclui o pós-venda, com a entrega e o suporte ao produto. Depois disso, tudo o que foi aprendido ao longo da jornada do cliente volta aos processos de Marketing e Vendas na forma de dados e insights.

marketing in CRMMarketing. Em geral, esse é o primeiro ponto de contato com clientes em potencial. As atividades do Marketing são responsáveis pela condução do possível comprador pelos estágios do funil de interesse, consideração e intenção de compra. Nesse ponto, os leads qualificados são transferidos para a equipe de Vendas.

sales in CRMVendas. Leads qualificados exigem atenção especial e explicações aprofundadas. Assim, o processo de vendas é projetado para ajudar os clientes a fazerem a escolha certa para eles. As equipes de Vendas alimentam o relacionamento com os leads até o ponto em que eles estão prontos para comprar e, em seguida, os orientam durante o processo de fechamento.

product in CRMProduto. Seu produto (ou serviço) também desempenha um papel fundamental no CRM. Assim que uma venda é fechada, a implementação ou entrega é um momento crucial para a experiência do cliente. O feedback dele, assim como as percepções de sua equipe de Suporte, podem ajudar a refinar e melhorar o produto para futuras atividades de Marketing e Vendas.

customer support in CRMAtendimento ao Cliente. Após o fechamento da venda, o cliente é transferido para a equipe de Atendimentopara garantir uma boa implementação e ajudar os novos usuários a se familiarizarem com o produto ou serviço. Esse processo também pode trazer informações muito úteis para os times de Vendas e Marketing.

É comum que pequenas e médias empresas não tenham um processo claro e definido para cada uma dessas funções. No entanto, conforme os negócios crescem, a implementação de fluxos de trabalho organizados e unificados traz eficiência e visibilidade para a equipe. Com isso, a experiência do cliente se torna ainda melhor, o que impulsiona mais vendas.

Como PMEs podem implementar um processo de CRM

Pequenas e médias empresas, em geral, contam com três métodos para gerenciar suas vendas e relacionamentos com o cliente: planilhas, soluções personalizadas ou ferramentas no-code. Cada uma dessas abordagens tem seus benefícios e desafios únicos.

O método da planilha

Vantagens

✅  Organização de processos básicos

✅  Facilidade de uso para funções simples

✅  Economia

✅  Acessibilidade

✅ Capacidade para análises complexas (com a ajuda de fórmulas)

Desafios

❌  Dificuldade para gerenciamento de processos mais complexos

❌  Maior probabilidade de erros

❌  Impossibilidade de automatizar tarefas

❌  Opções limitadas de visualização

❌  Solução de problemas com fórmulas pode ser difícil

❌  Segurança: falta de controle e compliance

Contratação de desenvolvedor para solução personalizada

Vantagens

✅  Desenvolvimento seguindo especificações exatas

✅  Maior controle de acessos

✅  Mais opções que planilhas para visualização de dados

✅  Solução personalizada para as necessidades da empresa

Desafios

❌   Investimento alto

❌   Prazo para o lançamento e implementação tende a ser longo

❌  Mudanças ou atualizações requerem a ajuda do desenvolvedor

❌  A interface pode não ser intuitiva

❌  Integrações exigem programação e desenvolvimento personalizado

Software no-code para gestão de processos

Vantagens

✅  Facilidade de uso e implementação

✅  Interface drag-and-drop

✅  Totalmente personalizável e adaptável

✅  Templates opcionais permitem a configuração instantânea de worfklows digitais

✅  Facilidade para escalar o sistema CRM conforme o negócio cresce e os processos se tornam mais complexos

✅  Integração com ferramentas populares de Vendas, Marketing e Suporte

✅  Funcionalidades nativas para mais segurança e melhor governança

✅  Modificações e alterações nos processos sem a ajuda de desenvolvedores

✅  Fluxos de trabalho digitais que correspondem exatamente aos processos do mundo real

Desafios

❌  Se você não usar um template, os processos precisarão ser mapeados e planejados

❌  Relatórios, campos, formulários e dashboards exigem uma configuração inicial, que pode ser low-code ou no-code

O que significa software no-code?

A expressão em inglês no-code é usada para especificar ferramentas que podem ser utilizadas e configuradas por pessoas sem experiência em desenvolvimento de softwares ou TI. Mais especificamente, um software no-code é uma plataforma que possibilita que usuários façam alterações limitadas por meio de uma interface simples e intuitiva, sem a ajuda de um desenvolvedor profissional e sem precisar trabalhar com linguagens de programação.

 

O aspecto sem código dessas ferramentas é importantíssimo para pequenas e médias empresas porque permite uma agilidade que antes não era possível. O software no-code pode ser alterado a qualquer momento e por qualquer pessoa que tenha a permissão de usuário ou administrador. Ou seja, é o fim da espera para que as geralmente ocupadas equipes de TI façam alterações, além de possibilitar a diminuição das despesas com desenvolvimento.

 

Esses softwares também trazem flexibilidade para o negócio porque podem crescer e escalar com facilidade. Ferramentas no-code para gerenciamento de processos são perfeitas para organizar e otimizar fluxos que são simples agora, mas que podem tornar-se mais complexos conforme o negócio cresce ou se adapta.

Como funciona um software no-code? 

Uma ferramenta no-code é projetada para ser muito visual e simples de usar. Para se qualificar como “sem código” ou até zero-code, qualquer pessoa com um conhecimento básico de interfaces drag-and-drop precisa ter independência para usar o software. O que significa que praticamente qualquer um que use um smartphone ou laptop deve ser capaz de entender e começar a trabalhar rapidamente com a ferramenta. 

As vantagens de usar um software no-code como sistema CRM

SimplicidadeA interface drag-and-drop facilita a criação de fluxos de trabalho que correspondem exatamente aos processos do mundo real. As alterações podem ser feitas instantaneamente por qualquer pessoa com permissão para realizar mudanças.
OrganizaçãoOs usuários podem controlar permissões de visualização e acesso, além de acompanhar o histórico de alterações feitas na plataforma.
Mais tempo para os clientesTarefas repetitivas, emails e notificações são automatizados para que a equipe de Vendas passe mais tempo atendendo, conversando e entendendo as necessidades dos clientes.
ColaboraçãoAtividades e informações de várias equipes (Marketing, Vendas e Suporte ao Cliente) são consolidadas em uma única plataforma, que pode ser acessada de qualquer lugar.
Métricas e insightsA ausência de código facilita a criação de relatórios e dashboards que trazem métricas e insights sobre a performance das vendas e de cada vendedor, gargalos no processo e a experiência dos clientes.
Controle e acessoSolicitações e novas tarefas podem ser inseridas a partir de vários pontos de entrada, como formulários, emails, uploads ou atividades do cliente. Usuários internos e externos podem adicionar informações a qualquer momento. As integrações facilitam a trasmissão de dados entre softwares e aplicativos já utilizados.

Aumente suas vendas com uma alternativa no-code para CRM

O poder do CRM está na integração de todos os pontos de contato e dos dados que ajudam a entender melhor a jornada do comprador, além de oferecer uma melhor experiência aos clientes. O CRM traz resultados porque, em resumo, clientes satisfeitos atraem mais clientes

 

Mas como quais são esses resultados? Cuidar bem das pessoas que compram seu produto vai ajudar a aumentar as vendas de três formas diferentes:

retention in CRMRetenção. Equipes de Vendas e Suporte organizadas e focadas proporcionam uma experiência melhor ao cliente, o que resulta em fidelidade e gera negócios recorrentes.

sales expansion in CRMExpansão. As necessidades das pessoas mudam. Seus produtos e serviços precisam se adaptar. O CRM identifica novas oportunidades, incluindo upsells, add-ons para serviços ou expansões no número de usuários ou produtos.

evangelism in sales CRMEvangelização. Um dos maiores resultados de um CRM eficaz são clientes que se tornam fãs e divulgadores dos seus produtos. Eles indicam para outras pessoas, enviam boas reviews, participam de estudos de caso ou dão feedbacks que ajudam a impulsionar mais vendas.

Crie e escale processos de CRM que evoluem junto com seu negócio

Pequenas e médias empresas têm mais de uma opção para implementar um sistema CRM e aumentar as vendas usando essa estratégia. Em geral, o ponto de partida para processos de CRM é uma planilha, que pode ser útil até certo ponto de complexidade.

 

Porém, quando PMEs e startups superam as planilhas, normalmente existem dois caminhos: contratar um desenvolvedor para construir uma solução personalizada ou usar um sistema no-code de CRM. Essas ferramentas fornecem a flexibilidade que empresas menores precisam para ter controle dos seus fluxos de trabalho, sem longos prazos de entrega.

 

Para pequenas e médias empresas que têm (ou planejam ter) iniciativas de citizen development (desenvolvimento cidadão), as ferramentas sem código para fluxos de trabalho liberam a equipe da dependência de profissionais de TI, que estão cada vez mais sobrecarregados. Desta forma, a própria equipe identifica a necessidade e desenvolve a solução necessária para resolvê-la.

 

Sabemos que agilidade é uma prioridade. Assim, soluções no-code oferecem adaptabilidade e facilidade de uso, vitais para que negócios em evolução e rápido crescimento se mantenham competitivos.

Estruture seu processo com facilidade, em um sistema CRM no-code, fácil de usar e que cresce junto com a sua empresa

O desafio da maioria das PMEs é encontrar um meio termo entre a simplicidade das planilhas e a sofisticação de uma solução personalizada ou corporativa.”