Como a API de BPM do Pipefy pode otimizar seu negócio

Gustavo Sumares

O Pipefy é um software no-code, o que significa que é possível usar todos os seus recursos sem precisar saber programar. Ao mesmo tempo, porém, ele oferece uma API aberta por meio da qual profissionais com conhecimento específico de TI conseguem expandir as funcionalidades da plataforma. A seguir, vamos mostrar como essa API pode te ajudar a levar seus processos para o próximo nível de transformação digital. 

Primeiro vamos explicar brevemente o que são APIs, e o que é a API do Pipefy em específico. Depois, você verá uma breve explicação de como começar a usá-la, linkando para páginas que serão essenciais para o processo. Finalmente, oferecemos alguns exemplos de como os clientes do Pipefy estão usando a API para otimizar seus negócios. 

Se você já sabe o que é a API do Pipefy, sinta-se à vontade para pular a próxima parte do texto.

O que é a API do Pipefy

A sigla API vem do inglês e significa “interface de programação de aplicativo”. Em outras palavras, trata-se de uma interface por meio da qual é possível fazer um aplicativo se comunicar com outros. É possível imaginar também a API como se fosse uma “central de informações”: outros programas vão até ela para solicitar informações, e ela responde com os dados requisitados (contanto que o pedido seja feito de modo adequado).

É por meio de APIs que sites, programas, aplicativos e outros sistemas conseguem conversar entre si. Quando você recebe uma mensagem por WhatsApp de um site em que deixou seu número, é provável que ela seja fruto de uma integração com a API do WhatsApp Business, por exemplo. 

A API do Pipefy é exatamente essa “central de informações” para a plataforma. Por meio dela, outros aplicativos podem usar dados do Pipefy, ou podem também enviar seus dados para o sistema de gerenciamento de processos. Tudo isso é feito por linhas de código que, uma vez implementadas, continuam funcionando automaticamente. Veja neste link mais detalhes sobre a API do Pipefy.

Vale lembrar que é possível integrar o Pipefy a outros sistemas sem precisar programar. Além de integrações nativas, a plataforma também é capaz de se conectar a outros softwares por meio de um sistema baseado em gatilhos e ações, que não exige conhecimento específico de linguagens de código. A API do Pipefy existe para expandir as funcionalidades da ferramenta para casos ainda mais específicos.

Alguns dos benefícios que você pode obter ao usar a API do Pipefy são:

  • Integrar a plataforma com outros softwares;
  • Ampliar os recursos da plataforma;
  • Customizar o Pipefy além das possibilidades que ele já oferece;
  • Automatizar processos que dependem de diversos programas.

Como usar a API do Pipefy

Para usar qualquer API, é necessário saber se comunicar com ela. A API do Pipefy não é diferente: a empresa oferece bastante documentação sobre a interface. Nela, é possível ver os objetos com que ela trabalha e as ações que podem ser realizadas sobre esses objetos. Mais informação está disponível neste link.

Programadores poderão se valer dos recursos da API para fazer com que outros apps e sites se comuniquem com o Pipefy. Criar essas comunicações exige conhecimento técnico, mas neste texto você conseguirá acessar uma explicação mais detalhada sobre o procedimento. A Pipefy University também oferece um curso grátis para ajudar você com os primeiros passos. 

Em todo caso, é importante ter em mente que a criação dessa integração via API deve ser o ponto final de um planejamento maior. Em outras palavras: antes de integrar apps e automatizar seu processo, é necessário ter um processo bem definido

Exemplos de uso da API do Pipefy

A seguir, vamos citar alguns casos de uso da API da Pipefy que clientes do serviço já utilizam em seus processos. Confira:

Integração com softwares customizados

Algumas empresas utilizam programas construídos especificamente para atender às suas necessidades. Seja por tratar-se de um sistema legado, seja porque aquele software funciona bem para o negócio, esses sistemas não costumam ter tantas integrações quanto soluções mais populares. Mas graças à sua API, o Pipefy pode conseguir se comunicar com eles também.

Uma multinacional que usa Pipefy, por exemplo, criou uma integração com a API de BPM do Pipefy em um de seus processos. Ela tem um software próprio para gerenciar demandas que chegam até uma de suas equipes, mas usa o Pipefy para receber essas demandas. A informação é inserida pelo Pipefy, mas o restante do processo é gerenciado em sua própria plataforma.

Comunicação com ERPs

Além de softwares feitos do zero, outras empresas também gerenciam processos usando programas de ERP (da sigla em inglês Enterprise Resource Planning). Essas ferramentas, via de regra, englobam diversas áreas da mesma empresa. São extremamente capazes, mas menos flexíveis, e por isso podem gerar o mesmo grau de satisfação entre todos os departamentos. Nesse caso, uma integração com Pipefy via API pode resolver esse problema. 

Entre os clientes da Pipefy há uma empresa que usa essa solução. Por meio da API, ela conseguiu criar uma solução que troca dados entre seu ERP e o Pipefy. Essa solução envia ao ERP o tempo que cada card passa em cada fase dos processos, e ajuda a alimentar a gestão de ponto dos colaboradores da organização. 

Visualizações de dados

O Pipefy tem uma série de recursos de visualização de dados que ajudam a trazer insights para seus negócios. Mesmo assim, algumas empresas preferem usar softwares especializados em business inteligence (BI) para ter uma visão ainda mais ampla de sua performance. Se essas empresas usam o Pipefy, podem aproveitar uma integração com a API para ter todos os dados da plataforma disponíveis em seu software de BI. 

Um banco de grande porte, cliente do Pipefy, usa uma integração desse tipo em seus processos. Mais especificamente, eles criaram uma integração via API do Pipefy que permite usar o Tableau para visualizar informações dos Pipes e dos cards. A integração também mantém o Tableau atualizado conforme alterações são feitas ao Pipefy.

Use a API do Pipefy e integre todo seu stack

Esperamos que esses exemplos e explicações tenham te inspirado a conectar os seus apps para ajudar a otimizar seus processos! Desde pedidos de compras até recrutamentos, o Pipefy pode te ajudar a automatizar qualquer processo. Ao fazer isso, ele elimina trabalhos repetitivos no seu dia a dia, dá mais visibilidade sobre o status de suas demandas e libera tempo para que sua equipe se dedique às tarefas que realmente importam. 

Você pode experimentar o Pipefy de graça agora mesmo. Confira também as integrações que a plataforma consegue fazer sem necessidade de usar a API e, se precisar, fale com um especialista para entender como ela pode atender às suas necessidades!

Escrito por
Gustavo Sumares
Former tech reporter, current Senior Writer at Pipefy. Constantly looking for ways to save time at work in all areas and activities, and sharing the most interesting finds.

Receba nossas postagens no seu e-mail

Solicite uma demonstração