O que é Employee Value Proposition (EVP) e como desenvolver essa estratégia na sua empresa

Marina Agranionih

O mercado de trabalho está mais competitivo a cada dia. Não é nada fácil para os candidatos se encaixarem em uma tão sonhada vaga de emprego. Assim como, para as empresas, também é difícil encontrar grandes talentos e mantê-los na equipe.

Apesar disso, é possível mudar esse cenário e fazer com que profissionais reconheçam sua empresa como uma excelente opção para se trabalhar e se identifiquem com seus valores e objetivos.

Entre tantas estratégias possíveis, vamos falar sobre employee value proposition. Você já se perguntou o que faz com que um candidato escolha a sua empresa para se candidatar a uma vaga? E o que leva seus colaboradores a permanecerem nela?

A resposta para essas perguntas pode estar no employee value proposition, ou “proposta de valor ao colaborador. Trata-se de uma ferramenta eficaz para atrair talentos e proporcionar razões para que seus colaboradores permaneçam no time. Neste artigo, explicamos o que é isso e qual sua importância.

O que é Employee Value Proposition (EVP)?

O termo significa proposta de valor para o colaborador e tem a ver com tudo o que uma empresa quer proporcionar aos seus colaboradores como forma de reconhecimento do tempo e esforço que eles dedicam em suas atividades.

O EVP busca estabelecer um equilíbrio entre as recompensas que são concretas, como remuneração e benefícios, e as recompensas não palpáveis, como o propósito do trabalho, a cultura da empresa e o clima organizacional.

Colocar energia para construir um EVP diferenciado é investir em criar uma boa imagem diante do mercado, para atrair os maiores talentos para a sua organização. “Por que vale a pena trabalhar nessa empresa?” Você precisa desenvolver uma boa resposta para essa pergunta. Além de atrair bons profissionais, o EVP também vai contribuir para a retenção dos talentos e a diminuição da rotatividade.

Um ambiente agradável e de desenvolvimento é um bom motivo para que o colaborador continue com você, considerando benefícios, as experiências vivenciadas e a possibilidade de estabilidade e crescimento profissional. Na aplicação do employee value proposition, é importante levar em conta a experiência do colaborador e o employer branding.

Por que é importante pensar no EVP da sua empresa?

Uma estratégia de EVP tem muito impacto em um processo de recrutamento e seleção. Ela possibilita mostrar ao candidato por quais razões ele deve se candidatar e explica tudo que a empresa tem a oferecer.

Employee value proposition também é uma ótima ferramenta para reter talentos. Quando uma empresa oferece benefícios e uma boa jornada de trabalho, faz com que bons profissionais queiram trabalhar nela e valorizem sua posição dentro da organização.

A forma de recrutamento de talentos mudou muito nos últimos anos. Hoje, o principal foco desse processo é o candidato. Isso faz com que eles tenham mais poder de escolha na busca por uma colocação no mercado. Por isso, é importante que sua empresa consiga se destacar e se posicionar como uma excelente opção.

Exemplos de ações para melhorar o EVP

O EVP, ou seja, o valor que você quer proporcionar aos colaboradores da sua empresa, pode ser composto por diversas iniciativas. Aqui estão alguns exemplos de vantagens e benefícios que ajudam a atrair e reter bons profissionais:

  • Plano de carreira dentro da empresa
  • Ambiente de trabalho agradável e com possibilidade de desenvolvimento profissional e pessoal
  • Benefícios extras como vale-mercado, plano odontológico ou parcerias de descontos
  • Remuneração justa e compatível com a função exercida
  • Treinamentos e capacitações
  • Reconhecimento individual dos colaboradores

Para que uma empresa consiga ter um time com profissionais qualificados e ser competitiva no mercado, precisa estar atenta a esses benefícios. Eles são muito importantes para atrair e reter talentos, além de melhorar o clima interno e ajudar no crescimento da empresa como um todo.

Como definir o seu EVP atual?

Antes de começar a desenvolver uma estratégia de EVP, é importante primeiro entender o que seus colaboradores enxergam de valor no ambiente de trabalho. É a partir das experiências positivas deles que você pode construir uma proposta estruturada de valor ao colaborador.

Esse entendimento deve ser criado entre o time de RH e os colaboradores da empresa. Para isso, é interessante fazer algumas perguntas, como:

  • O que atrai novos funcionários à empresa?
  • O que os colaboradores da empresa mais gostam sobre trabalhar nela?
  • O que eles veem de diferencial na empresa?
  • O que faz com que eles continuem trabalhando na empresa?
  • Quando um colaborador deixa a empresa, qual costuma ser o motivo?

Ao responder a essas perguntas, você começará a entender qual é o employee value proposition da sua empresa.

Outro ponto que pode ajudar a definir seu EVP atual é o seu employer branding. EVP e employer branding são conceitos semelhantes, ainda que guardem diferenças importantes. No entanto, cada um deles pode ajudar na construção do outro.

Componentes de um bom EVP

O employee value proposition pode ser decomposto em alguns componentes. Pensar em cada um deles separadamente pode ajudar a construir o EVP como um todo. Confira:

Recompensas contratuais

As recompensas contratuais são o elemento mais tangível do EVP. Como o nome indica, elas estão descritas no contrato do colaborador. Incluem seu salário, benefícios e outros tipos de compensação material concedidas a quem trabalha na empresa.

Esse componente é uma parte importante da EVP. Garantir salário e benefícios competitivos com relação ao mercado de trabalho, em geral, é importante para atrair e reter talentos. Por outro lado, também é necessário considerar outros componentes da proposta de valor ao colaborador para garantir uma estratégia de EVP impecável.

Recompensas experienciais

Recompensas experienciais envolvem as experiências que o colaborador terá na sua empresa: as oportunidades de desenvolvimento de carreira, cursos, trabalho com ferramentas ou clientes interessantes, programas de bem-estar físico e emocional… todos esses fatores integram o componente experiencial do EVP.

Em outras palavras, a ideia desse componente é responder se trabalhar na sua empresa oferece uma experiência boa aos colaboradores. Para que esse componente seja bem trabalhado, o tempo que eles passam na organização deve incluir realizações e fatores que eles desejaram destacar em seus CVs no futuro.

Recompensas emocionais

O EVP também inclui os fatores menos concretos que fazem com que os colaboradores se engajem com a empresa e desejem continuar nela. Entre eles podem estar a percepção de trabalhar por uma boa causa, curtir e confiar em suas equipes, acreditar nos valores da empresa e sentir-se parte da organização tendo suas sugestões e demandas ouvidas e consideradas.

Trabalhar bem esse ponto envolve uma organização de toda a cultura empresarial e do clima organizacional para que todos os colaboradores se sintam bem em seus cargos. Aqui o employer branding também pode ajudar, bem como iniciativas de inclusão e diversidade.

Como desenvolver sua estratégia de EVP

Para planejar o EVP da sua empresa e determinar benefícios que sejam capazes de atrair os perfis profissionais que você está buscando, é preciso seguir algumas etapas.

Defina um perfil

Ter o perfil do candidato ideal bem definido, de acordo com a cultura organizacional e as necessidades da empresa, é crucial para fazer um planejamento estratégico eficaz do EVP. Assim como as empresas definem a sua persona como cliente ideal, as equipes de gestão e RH precisam definir o perfil dos candidatos ideais.

Considere os benefícios

Com o perfil definido, é o momento de decidir quais são os benefícios que podem atrair esse profissional que a empresa busca. Você pode fazer uma pesquisa de mercado da média salarial e quais os benefícios oferecidos, tendo em mente que a sua empresa precisa ser mais atrativa e se destacar para chamar a atenção dos maiores talentos.

Mensure os gastos

Não basta apenas oferecer benefícios sem saber se a empresa pode arcar com os custos necessários para mantê-los. É importante fazer um planejamento, mensurar qual é o investimento necessário para a ação e qual será o retorno. Esse planejamento precisa considerar a estrutura da empresa, número de colaboradores e objetivos a serem alcançados.

Defina um canal de divulgação

Por fim, não adianta oferecer vários benefícios se as pessoas certas não ficam sabendo disso. Quando for divulgar uma vaga, seja em sites de recrutamento, redes sociais ou outros meios, apresente tudo aquilo que tem como diferencial, para destacar o seu employee value proposition.

Você pode usar as redes sociais da empresa para divulgar depoimentos de colaboradores, mostrar os eventos que acontecem, prêmios, sorteios e tudo que for positivo para a experiência dos seus colaboradores. Assim, você vai atrair mais pessoas para fazer parte do seu time.

Cases de empresas com bom EVP

A seguir, vamos falar brevemente sobre algumas empresas com bom EVP. Elas podem servir de benchmark para a elaboração da sua própria proposta de valor aos colaboradores. Confira:

Dell

A Dell tem uma abordagem bastante conhecida sobre a criação de uma EVP que a própria empresa descreve em seu blog. O processo, de acordo com a organização, envolve não criar, mas descobrir a proposta de valor do negócio.

A formalização do EVP da Dell começou por volta de 2010 e envolveu diálogos com todos os cargos da firma, buscando entender o que cada colaborador mais gostava sobre seu trabalho. Uma síntese da proposta de valor da empresa a seus colaboradores pode ser vista neste vídeo (em inglês).

Cisco

Outra organização cujo EVP rendeu resultados muito positivos foi a Cisco. A empresa chama sua proposta de valor aos colaboradores de “People Deal” (ou “acordo com as pessoas”), que se resume em três princípios: conectar tudo, inovar em todo lugar e beneficiar a todos.

Esse EVP é o mesmo entre todos os escritórios da Cisco no mundo todo, ainda que detalhes da cultura de cada escritório possam ser diferentes — o dress code dos escritórios do Japão e dos EUA não são os mesmos, por exemplo. Ainda assim, o EVP permite que todos saibam o que podem esperar da empresa, e o que a empresa espera deles.

Pipefy

A Pipefy também tem um EVP bem claro. O objetivo da empresa é empoderar os “doers”, as pessoas que fazem acontecer em qualquer organização ou área, e cada colaborador assume esse mesmo compromisso em sua área de atuação.

Em contrapartida, a organização também se compromete empoderar seus colaboradores como doers, oferecendo todas as ferramentas necessárias para que eles trabalhem com excelência, e oportunidades para que eles se expressem e desenvolvam. Confira a página de carreiras da Pipefy e saiba mais.

Agora você sabe o que é employee value proposition e como é possível aumentar o potencial da sua empresa para atrair e reter talentos, além de criar um ambiente mais agradável para a jornada dos colaboradores.

Se quiser se aprofundar em maneiras de aumentar a eficiência e melhorar os resultados da sua equipe de Recursos Humanos, não deixe de conhecer nossas soluções para processos de recrutamento.

Escrito por
Marina Agranionih
HoneyBadger from the Curitiba office, she is responsible for the Culture and Endomarketing at Pipefy's People Team.

Receba nossas postagens no seu e-mail