Muitos falam sobre procurement e gestão da cadeia de suprimentos como se fossem processos idênticos. Mas existem diferenças importantes entre os dois. O procurement é parte do processo de compras, que por sua vez é uma parte do processo maior de gestão da cadeia de suprimentos (também conhecida por seu nome em inglês, supply chain management). A gestão da cadeia de suprimentos é o controle de todo o fluxo de produção de bens ou serviços —  desde o pedido dos componentes básicos até a entrega do produto final. O procurement, por sua vez, é apenas um aspecto da gestão da cadeia de suprimentos.

Neste artigo, vamos avaliar os detalhes dos processos de procurement e gestão de cadeia de suprimentos, explicaremos cada processo e como diferenciar os dois.

O que é procurement?

Procurement é o processo pelo qual as organizações buscam bens e serviços para atingir seus objetivos e atender às suas necessidades. É uma etapa do processo de gestão da cadeia de suprimentos. Ele envolve tudo o que é necessário para uma empresa adquirir bens e serviços, incluindo planejamento, controle de qualidade, preços, seleção de fornecedores e gestão de resíduos.

No Brasil, é comum separar o procurement em dois tipos diferentes de processos: compras diretas e indiretas.

  • Compras diretas é o processo no qual uma empresa adquire bens, materiais e serviços que estão relacionados às suas principais práticas de negócios. São compras feitas regularmente e os itens recebidos afetam diretamente os objetivos e resultados financeiros da empresa.

  • Compras indiretas são relativas à aquisição de bens e serviços que mantêm a empresa funcionando, mas não afetam necessariamente os resultados financeiros. Exemplos disso incluem material de escritório ou serviços como contabilidade.

  • O processo de procurement é a série de etapas ou atividades que uma empresa realiza como parte de seu ciclo de compras e pagamentos (ou procure-to-pay process, como é chamado em inglês). Essas atividades vão desde a identificação das necessidades de compras, execução de RFPs ou RFQs, até o faturamento e pagamento das aquisições.

    Elementos de um processo de procurement

    Existem várias etapas no processo de procurement:

  • Escolha de fornecedor — Antes que uma empresa possa fazer o pedido e solicitar materiais, um profissional de compras deve escolher um fornecedor. Isso envolve pesquisar e selecionar os melhores para as necessidades do negócio.
  • Pedidos de compra — Um pedido de compra descreve o tipo de bens e serviços necessários e a quantidade de cada um, bem como o custo por unidade e o custo total. Ele garante que o fornecedor ou cliente esteja ciente das entregas e contas a receber.
  • Recebimento — O recebimento de mercadorias e serviços envolve aceitar  o que foi pedido, verificando valores e tipos corretos, por meio de um recibo de compra. Esta etapa também inclui o armazenamento e a organização dos itens.
  • Fatura e pagamento — O processo de procurement termina com um pagamento bem-sucedido feito pela empresa ao fornecedor. Isso envolve o recebimento de uma fatura pelos serviços e bens fornecidos, a entrada e a aprovação do pagamento e o envio do dinheiro ao fornecedor.
  • O processo de procurement envolve acompanhamento e monitoramento de informações , razão pela qual muitas empresas têm um gerente de procurement.

    Automatize seus processos de compras em minutos, não dias.

    Experimente agora o template grátis de Procure-to-Pay do Pipefy!

    O que faz um gerente de compras?

    Os gerentes de compras são responsáveis por evitar desperdícios, controlar custos e otimizar o processo de compras. Eles gerenciam vendedores e fornecedores, negociam pagamentos e garantem que o processo seja o mais organizado possível. É comum que o procurement também fique a cargo desses profissionais. 

     

    Aqui estão alguns exemplos das responsabilidades de um gerente de compras:

  • Eliminar desperdícios no processo de procurement. Um excesso de fornecedores leva a mais transações e faturas, o que requer tempo e recursos humanos adicionais para concluir as tarefas. Agilizar o processo e reduzir o número de fornecedores pode ajudar a eliminar desperdícios.
  • Fazer o controle de custos. Essa atividade inclui pesquisar novos fornecedores para encontrar produtos e serviços iguais ou semelhantes por um valor menor. Também pode envolver a integração de novos sistemas automatizados que reduzem o atrito nos procedimentos de pagamento e processamento, liberando tempo para outras tarefas.
  • Otimizar o processo de compras. Existem muitas etapas para supervisionar em um processo de compras, incluindo a criação de pedidos, envio, recebimento e faturamento. Ao otimizar o processo, o gerente de compras ajuda a agilizar essas etapas e aumentar a eficiência.
  • Mas como uma compra se encaixa na gestão geral da cadeia de suprimentos? Vamos dar uma olhada no que é a cadeia de suprimentos e em como ela é diferente do procurement.

    O que é uma cadeia de suprimentos?

    Uma cadeia de suprimentos (ou cadeia logística, ou ainda supply chain) é a rede completa de parceiros de uma empresa, incluindo seus fornecedores e vendedores, e o ciclo de vida dos processos. Ela abrange desde as matérias-primas e desenvolvimento do produto, até a entrega do produto final ao cliente.

     

    A cadeia de suprimentos de uma empresa pode incluir:

  • Integração — Garantir que fornecedores, distribuidores e clientes não trabalhem isoladamente: cada parte da cadeia logística deve se comunicar e usar processos semelhantes para torná-la eficaz e eficiente.
  • Operações — Monitorar as atividades diárias da cadeia de suprimentos é a chave para seu sucesso. A criação de uma estratégia de operações simples e eficiente mantém a cadeia de suprimentos funcionando bem.
  • Compras — A cadeia de suprimentos engloba tudo, desde a compra da matéria-prima, até a criação do produto e seu envio ao cliente. Para garantir que as compras corram bem, um gerente deve ter visibilidade e antecipar a necessidade de novos suprimentos.
  • Distribuição — A cadeia logística também inclui a distribuição ao cliente. Um processo de distribuição abrangente garante a entrega bem-sucedida do produto.
  • O que é gestão da cadeia de suprimentos (SCM)?

    A gestão da cadeia de suprimentos (conhecida pela sigla em inglês, SCM de supply chain management) é a supervisão e o controle do fluxo de mercadorias e serviços, bem como de todas as etapas realizadas para transformar as matérias-primas em produtos finais. Os benefícios de uma estratégia eficaz de gestão da cadeia de suprimentos incluem:

  • Controle de qualidade — Antecipar e abordar mudanças na cadeia  previne problemas de qualidade e ajuda sua equipe a evitar surpresas.
  • Eficiência — As cadeias de suprimentos são compostas de muitos fluxos de trabalho, e ter uma gestão eficaz significa encontrar maneiras de gastar tempo e recursos estrategicamente.
  • Redução de custos — Os gerentes podem agilizar os processos da cadeia de suprimentos para evitar despesas desnecessárias e planejar flutuações nos custos.
  • Colaboração — Uma comunicação efetiva com os fornecedores traz resultados benéficos para todos.
  • Redução de riscos — Os gerentes são treinados para identificar e gerenciar riscos, monitorando todas as variáveis da cadeia de suprimentos.
  • Crie processos automatizados para a sua cadeia de suprimentos – sem necessidade de assistência de TI.

    Experimente agora o template grátis para Supply Chain Management do Pipefy!

    O que faz um gerente de cadeia de suprimentos?

    O gerente de cadeia de suprimentos é o profissional que supervisiona e gerencia todas as fases da cadeia logística, desde a produção até a distribuição e o pagamento. O gestor também é responsável por otimizar e agilizar processos para dar mais eficiência ao negócio.

     

    Um gerente de cadeia de suprimentos é responsável pela operação e otimização desse processo, incluindo:

  • Negociação de contratos com fornecedores e clientes

  • Supervisão do armazenamento e manuseio do produto

  • Gestão de custos e controle de qualidade

  • Colaboração com gerentes de compras e equipe de suprimentos

  • Gestão do desempenho da cadeia de suprimentos e implementação de novos processos e fornecedores, quando necessário

  • Embora esse gerente possa supervisionar a etapa de procurement no processo, existe uma diferença entre procurement e gestão da cadeia de suprimentos.

    Qual é a diferença entre procurement e gerenciamento da cadeia de suprimentos?

    O procurement e o gerenciamento da cadeia de suprimentos estão relacionados, mas existem algumas diferenças entre os dois processos. Procurement é a forma como uma empresa obtém bens e serviços de fornecedores externos. Por outro lado, o gerenciamento da cadeia de suprimentos é relativo à gestão de todas as etapas que são realizadas para transformar as matérias-primas em produtos finais e entregá-los aos clientes.

     

    Procurement é um subconjunto de processos, dentro da gestão da cadeia de suprimentos, que se concentra na identificação e aquisição de mercadorias. O gerenciamento da cadeia de suprimentos é um conjunto mais amplo que também inclui seleção de fornecedores, logística, faturamento e distribuição.

    Crie processos de procurement e gestão da cadeia de suprimentos mais eficazes e eficientes

    Hoje, qualquer profissional sem conhecimento técnico pode criar processos automatizados para economizar tempo em tarefas repetitivas, controlar o financeiro com processos à prova de erros e se comunicar de maneira eficaz com todas as partes interessadas. Esses colaboradores individuais — que nós gostamos de chamar de “doers” —  podem projetar e implementar um fluxo de trabalho automatizado em minutos, para aumentar a produtividade de beneficiar toda a empresa, sem a necessidade de assistência da equipe de TI.

     

    O Pipefy é um software intuitivo para criação de workflows automatizados , que te ajuda a construir processos ideais para compras e gerenciamento de cadeia de suprimentos. É uma solução simples de usar e no-code (sem código), então você não precisa de conhecimento técnico para construir e personalizar automações para o seu negócio. Além disso, você também pode conectar facilmente o Pipefy ao seus softwares favoritos, criando um fluxo de informações integrado.

    Comece a gerenciar seus processos de compras e cadeia de suprimentos em minutos.

    O processo de procurement é a série de etapas ou atividades que uma empresa realiza como parte de seu ciclo de compras e pagamentos (ou procure-to-pay process, como é chamado em inglês).