O que é Processo de Recrutamento?

Isabelle Wuilleumier Salemme
HR team talking about recruitment.

Embora o conceito em si possa parecer óbvio, muitas pessoas ainda não entendem adequadamente o que é um processo de recrutamento, o que ele envolve e por que é tão importante. Sendo um dos processos mais críticos gerenciados pelo RH, o recrutamento é a chave para contratar os talentos certos e com as habilidades e a mentalidade necessárias para fazer seu negócio crescer.

Resumindo, esse processo é a sequência de etapas para pesquisar, classificar, selecionar e contratar novos colaboradores em uma empresa. 

Um processo de recrutamento desorganizado pode prejudicar muito os gerentes que contratam pessoas que não são ideais para os cargos. Outras questões comuns causadas pela falta de eficiência nesta operação são atrasos para o preenchimento de um cargo necessário, candidatos não qualificados atraídos por descrições de trabalho erradas ou mal escritas, ou currículos negligenciados e processos de entrevistas mal planejados.

De acordo com o Dicionário de Negócios, o recrutamento é:

“O processo de encontrar e contratar o candidato mais qualificado (de dentro ou fora de uma organização) para uma vaga de emprego, de forma oportuna e econômica. O processo de recrutamento inclui analisar os requisitos de um emprego, atrair funcionários para esse trabalho, analisar e selecionar candidatos, contratar e integrar o novo colaborador à organização.”

Como você já deve ter percebido, o conceito desse processo abrange as seguintes atividades:

  1. Procurar
  2. Escolher
  3. Entrevistar
  4. Contratar

Embora as atividades relacionadas ao recrutamento e contratação sejam mais comumente atribuídas aos departamentos de Recursos Humanos, elas variam dependendo da estrutura organizacional de cada empresa.

Podemos quebrar o processo maior, geralmente chamado de “recrutamento e contratação”, em processos menores e interdependentes. Os nomes desses processos menores podem variar de empresa para empresa, mas a ordem e atribuições de cada um deles permanecem semelhantes.

Recrutamento para Iniciantes: passo a passo para encontrar e contratar novos membros para o seu time

Saiba mais sobre as etapas do processo de recrutamento, desde o processo de inscrição até a oferta final de emprego, e construa um processo de seleção forte e eficiente em sua empresa.

A estratégia

A maioria das grandes empresas e PMEs orientadas por processos têm estratégias de recrutamento bem definidas que guiarão todos os esforços de recrutamento da companhia ao longo do ano. Uma vez que isso pode variar muito de empresa para empresa, vamos destacar as etapas mais comuns para qualquer processo de recrutamento.

A descrição do cargo

Geralmente o que inicia um processo de recrutamento é a necessidade de contratar um novo colaborador ou de criar um novo cargo na empresa. Começa com a identificação do perfil desejado e, em seguida, passa para a especificação de credenciais, habilidades, certificados, e assim por diante, em uma descrição detalhada e abrangente do trabalho.

Aproveite o seu tempo enquanto elabora esta descrição para especificar minuciosamente as habilidades esperadas e atividades futuras desse novo profissional. Isso pode ser exatamente o que você precisa fazer para atrair apenas os candidatos certos — aqueles que são devidamente qualificados e aptos a realizar as atividades em questão — e construir um grupo de candidatos que atendam às necessidades do seu negócio.

Não se esqueça de incluir descrições completas e detalhadas para:

Ter todos esses detalhes destacados vai te ajudar a filtrar os candidatos antes mesmo de começarem a se candidatar, o que otimiza o processo desde o início.

A jornada de busca

Com a descrição do trabalho pronta, é hora de começar a busca por candidatos. Dependendo da empresa, a vaga pode ser anunciada interna ou externamente. Os benefícios de ambas as formas de recrutamento são muitos, mas essas são as principais vantagens para cada um:

Benefícios do recrutamento interno

  • A pessoa já está alinhada culturalmente à empresa (o que deve ser amplamente valorizado)
  • Oportunidade de oferecer crescimento na carreira para sua equipe atual, mantendo-os motivados
  • Mais barato e mais rápido do que o recrutamento externo
  • Menor risco de conseguir alguém que não seja adequado para o trabalho 
  • É uma maneira de reforçar e promover sua cultura e valores

Benefícios do recrutamento externo

  • Oportunidade para encontrar novas ideias e pontos de vista
  • Possibilidade de recrutar alguém com habilidades específicas que a equipe ainda não tem
  • Mais candidatos, aumentando a possibilidade de encontrar talentos únicos
  • Gama mais ampla de experiência
  • Ótimo momento para espalhar sua cultura por meio da marca empregadora, e você sempre pode pedir referências de funcionários

Não faz muita diferença onde você escolhe procurar por candidatos (LinkedIn, outras mídias sociais, quadros de emprego ou Pipefy HR). Uma vez que você o faça, os candidatos começarão a aparecer e cair no seu banco de talentos. Então, é hora de conhecê-los melhor.

As entrevistas e a definição

Antes de seguir em frente, quer você esteja fazendo entrevistas por vídeo ou encontrando candidatos pessoalmente, você deve fazer um processo preliminar de triagem no banco de talentos que acabou de criar. Tire um tempo para analisar CVs, cartas de apresentação, perfis do LinkedIn e todos os outros dados que você pode ter coletado, assim como outras informações para garantir que os candidatos se encaixem nos requisitos de trabalho.

Uma vez analisadas as informações de cada candidato, é hora de selecionar as pessoas que irão passar para a fase de entrevistas. Mesmo que isso não seja uma regra, muitas empresas optam por fazer uma primeira entrevista por telefone ou via videoconferência para ter um primeiro contato com o candidato. Em seguida, eles agendam uma entrevista final pessoalmente com aqueles que acreditam serem mais adequados para o cargo.

Se sua empresa é global e você está interessado em candidatos falando um idioma específico, também pode ser interessante agendar uma entrevista exclusiva para avaliar a proficiência e habilidades dos candidatos nesse idioma.

No final do processo — geralmente, depois de reduzir o banco para apenas os principais candidatos — é hora de fazer uma verificação de referências e, finalmente, escolher quem será contratado.

Neste ponto, é essencial adaptar seu processo de acordo com sua localização. No Brasil, por exemplo, a verificação de antecedentes não é permitida em processos de recrutamento. Certifique-se de que você tem uma ferramenta para apoiá-lo, não importa as modificações específicas que precisará fazer para cada novo recrutamento.

O Feedback

Embora os processos de recrutamento e contratação possam variar de organização para organização, uma coisa deve permanecer a mesma: a transparência com os candidatos. 

Dê a eles feedback sobre o status atual do processo e se eles foram aprovados ou não. Se necessário, não hesite em explicar por que eles não foram escolhidos desta vez, como eles podem melhorar, e até mesmo por que o processo foi cancelado se esse for o caso.

Não só é educado e ético, mas também deixará a porta aberta se o candidato não for o ideal para a oportunidade atual, mas um bom candidato para outra posição no futuro. Além disso, o candidato sairá com uma boa impressão de sua empresa, mantendo-se interessado caso alguma oportunidade apareça.

Próximos passos e melhorias para o seu processo de recrutamento

Há também outros pontos a serem considerados durante o processo de recrutamento. Um deles é a importância de construir um processo alinhado com sua cultura, o que é essencial para que toda a Jornada do Colaborador seja positiva (confira nosso guia para saber mais sobre esse tema). E, claro, dicas para otimizar seus processos de recrutamento e contratação serão sempre bem-vindas.

Agora que você já entendeu os conceitos dos processos de recrutamento e contratação, pode estar pensando que são processos simples. Eles são realmente fáceis de explicar, mas às vezes, podem ser trabalhosos ou até dolorosos se não são gerenciados com eficiência. 

É por isso que o Pipefy HR é a ferramenta perfeita para gerenciar o seu processo e acompanhar todos os candidatos. A melhor parte? Já temos um template pré-modelado e pronto para uso para recrutamento.

<<< Confira o template grátis do Pipefy para o Processo de Recrutamento >>>

Encontre uma ferramenta que te apoie durante todo o processo

Recrutamento, contratação e até mesmo onboarding podem ser muito difíceis para processar sem o apoio de uma ferramenta dedicada. Um software de BPM que torne fluxos de trabalho de Recursos Humanos mais simples, eficientes e assertivos, como o Pipefy HR, pode ajudá-lo a alcançar ótimos resultados. Veja como:

Melhore sua eficiência automatizando tarefas

Use automação para garantir um processo de recrutamento preciso, atualizando os candidatos em cada fase, criando fluxos de aprovação para notificar os gestores envolvidos e enviar e-mails com cartas de oferta ou avisos para os candidatos não selecionados no final.

Isso poupará muito tempo à sua equipe, o que vai te ajudar a se concentrar no que realmente importa: encontrar o melhor candidato para cada novo cargo em sua empresa.

Centralize e cruze informações dos candidatos

Crie um banco de talentos e gerencie-o em um único lugar. Aqueles profissionais que não foram selecionados podem se candidatar a novos cargos usando portais de autoatendimento, formulários online e obtendo as informações necessárias intuitivamente.

Padronize facilmente todo o seu processo

Aplique suas regras de negócio ao processo, padronize a forma como os recrutamentos e as contratações são feitos e otimize toda a sua operação de Recursos Humanos.

Ao Pipefy HR, você pode adicionar informações e ações obrigatórias em cada fase, delegar tarefas, pedir diferentes tipos de dados antecipadamente (explorar campos como dropdown, anexo e texto longo/curto, por exemplo) e até mesmo integrar outras ferramentas à plataforma.

Crie uma operação de RH verdadeiramente integrada

Integre ferramentas, como Workday, LinkedIn, Oracle, Google Apps, DocuSign e até SMS aos seus processos no Pipefy, para garantir que nenhum dado será perdido.

E no caso de você gerenciar mais processos dentro do Pipefy, como o onboarding, transicione suavemente seu novo colaborador para o próximo passo de sua jornada com sua empresa.

Recrutar profissionais de alto nível é fácil

Conte com uma ferramenta poderosa para colocar todas essas dicas em ação e dizer adeus a longos fluxos de recrutamento, banco de talentos bagunçados e processos não estruturados. Levar seu fluxo de trabalho de RH para outro nível pode ser fácil com o Pipefy HR. Confira e comece com nosso plano gratuito.

Escrito por
Isabelle Wuilleumier Salemme
Head of Customer Support @Pipefy. She uses her extensive Pipefy knowledge to help users make the best of Pipefy via support and writing informative content pieces. Besides being in charge of support, she's an avid reader, a coffee lover, and a professional photographer.

Receba nossas postagens no seu e-mail

Solicite uma demonstração